Avaliação da Qualidade de Vida dos Portadores de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (dpoc) Associada Ao Desempenho Físico Funcional

Por: Gilmar Sidnei Erzinger, Helton Eckermann da Silva e Marco Fabio Mastroeni.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.20 - n.4 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Avaliar o desempenho físico funcional (DFF) de membros inferiores e sua associação com o grau de dispneia, estado funcional para atividades de vida diária (AVD) e qualidade de vida em portadores de DPOC. Participaram do estudo 52 portadores de DPOC, com média de idade de 65,9 ± 9,25 anos. Como instrumentos foram utilizados o SPPB para avaliar o DFF de membros inferiores; a espirometria para estadiamento da DPOC; as escalas Medical Research Council (MRC) e London Chest Activity of Daily Living (LCADL) para avaliar a gravidade da dispneia e o estado funcional para AVD, respectivamente; e o questionário Airways Questionnaire–20 (AQ-20) para avaliar a qualidade de vida. Dos 52 avaliados, 26 apresentaram um bom DFF, 24 moderado desempenho e apenas 2 indivíduos alcançaram um baixo e ruim desempenho. O escore total do SPPB correlacionou-se negativamente com a escala LCADL (r = -0,336; p

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/3429

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.