Avaliação Translacional de Extensão em Núcleos Acadêmicos (atena): Estudo de Casos Múltiplos Sobre a Promoção do Desenvolvimento Infantil

Por: Alfredo Almeida Pina de Oliveira.

2014 30/10/2014

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A Translação do Conhecimento (TC) consiste em uma teoria do conhecimento para a ação que visa à redução das lacunas entre a produção do conhecimento e sua aplicação em boas práticas profissionais e em políticas públicas que promovem melhorias na saúde e nas condições de vida da população. A extensão universitária, articulada ao ensino e à pesquisa, representa uma oportunidade para a TC nas Instituições de Ensino Superior (IES). Contudo, a exiguidade de indicadores de extensão dificulta a avaliação da indissociabilidade dessa tríade acadêmica. Objetivos: 1. Identificar a incorporação dos conteúdos inovadores relacionados à Promoção do Desenvolvimento Infantil (PDI) no ensino, na pesquisa e na extensão, antes e depois de dois anos da participação das IES em projetos de intervenção local (PIL) em municípios paulistas; 2. Elaborar mapas conceituais (MC) para a síntese do processo translacional ocorrido em cursos de graduação de saúde e de educação; 3. Propor indicadores de extensão inovadora; 4. Construir um modelo de avaliação fundamentado no processo de TC. Método: pesquisa exploratória e descritiva, por meio de estudo de casos múltiplos, baseado na triangulação de técnicas qualitativas. Os sujeitos da pesquisa foram sete coordenadores e três professoras de três IES envolvidas nos PIL. Foram coletados dados em duas etapas: I. a) Análise de ementas e planos de ensino de 2009 dos cursos de graduação em Enfermagem, Educação Física, Fisioterapia, Pedagogia, Psicologia e Terapia Ocupacional; b) Entrevistas com informantes-chave sobre o ensino, a pesquisa e a extensão relacionados à PDI; c) Reaplicação das duas fases anteriores com base no ano letivo de 2011; II. Construção de mapas conceituais (MC) para evidenciar a TC em núcleos acadêmicos das IES selecionadas. A análise temática dos documentos e das entrevistas, a síntese cruzada dos casos e o mapeamento conceitual por meio do Cmap Tools®, versão 5.05.01, foram adotados para avaliação dos dados. Desenvolveu-se um esquema analítico com base na ausência ou na presença de oito conteúdos inovadores relacionados à PDI no ensino, na pesquisa e na extensão, a saber: 1. Ausente, 2. Incipiente (apenas no ensino), 3. Regular (no ensino e na pesquisa), 4. Relevante (no ensino e na extensão) e 5. Completa. Resultados: após dois anos de parceria das IES nos projetos, destacaram-se as mudanças ocorridas nos seguintes cursos de graduação: Enfermagem passa de incipiente (75%) para relevante (87,5%) e Psicologia de ausente (87,5%) para relevante (75%) em Centro Universitário Comunitário; no curso de Terapia Ocupacional a classificação ausente (75%) torna-se relevante (75%) e completa (25%) em Universidade Pública Federal; houve a criação de duas disciplinas nos currículos de Pedagogia e Psicologia em Fundação Educacional Privada. Os MC ilustraram o processo de TC ocorrido nas três IES e contribuíram para a elaboração do modelo teórico de Avaliação Translacional de Extensão em Núcleos Acadêmicos (ATENA) composto por 12 indicadores de extensão inovadora. Conclusões: o modelo de ATENA verifica a aplicabilidade das evidências científicas e inovações tecnológicas nas ações de ensino, pesquisa e extensão na interação dos representantes das IES com atores sociais relevantes dos serviços locais e da comunidade a fim de promover a formação profissional, crítica, reflexiva e cidadã.

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-16042015-155207/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.