Avaliação de Um Programa de Treinamento da Flexibilidade Utilizado Para Compensação de Esforços

Por: Patricia Franco Rabello Theodoro.

2004 05/04/2004

Send to Kindle


Resumo

As inovações tecnológicas têm feito parte do programa das empresas que buscam aprimorar sua produção, visando o melhoramento tecnológico de seus produtos e serviços. Porém, pouco se tem feito para melhorar as condições de trabalho, levando-se em consideração a saúde do trabalhador. As doenças profissionais, decorrentes do tipo de trabalho e da posição de execução, abrangem milhares de trabalhadores. Além da fadiga provocada pelos movimentos repetitivos em períodos prolongados de trabalho, existem ainda as doenças ocupacionais. Neste estudo, procurou-se verificar alguns dos fatores de riscos e patologias que podem ocorrer durante a atividade laboral, das pessoas que trabalham na posição sentada e realizam o trabalho de digitação. Os motivos mais comuns para a aquisição de patologias por parte desta posição são os movimentos repetitivos, a postura incorreta, a ergonomia inadequada, o estilo de vida sedentário, entre outros. Foi elaborado um programa de compensação de esforços para diminuição dos desconfortos músculo-esqueléticos, onde os indivíduos participaram durante seis meses de sessões compostas por alongamentos, atividades para consciência postural e respiratória, com duração de quinze minutos cada uma, realizada no próprio local de trabalho no decorrer das atividades diárias. Selecionou-se 33 indivíduos, sendo 06 homens e 25 mulheres, com idades compreendidas entre 17 e 49 anos, todos funcionários do Centro de Hematologia da UNICAMP - Hemocentro. Como resultados, podemos observar a diminuição de dores, desconfortos e tensões apresentadas pelos participantes no início do programa e um aumento significativo da flexibilidade das estruturas articulares avaliadas em ambos os sexos.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000318355&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.