Avalição da Biomecânica Muscular Esquelética e da Habilidades Motoras de Escolares em Risco de Desnutrição

Por: Maria das Graças Paiva.

178 páginas. 2008 13/10/2008

Send to Kindle


Resumo

A presente tese investigou o impacto do estado nutricional sobre as propriedades mecânicas do músculo esquelético e o desempenho das habilidades motoras em escolares pré-adolescentes da zona da mata de Pernambuco. Para isso, o ergômetro de tornozelo transportável foi utilizado, permitindo a caracterização dos músculos flexores plantares em termos das propriedades contráteis e elásticas. A habilidade motora foi avaliada pelo uso de uma escala de desenvolvimento motor, já validada em crianças brasileiras. A apresentação da tese foi feita uma revisão de literatura , seguida de 4 artigos originais. O primeiro artigo descreveu um estudo de reprodutibilidade da resistência músculo-tendinosa , avaliado pelo método quick-release. O segundo artigo foi um estudo de validação em pré-adolescentes eutróficos (7-9 anos de idade) no Nordeste do Brasil. Este estudo mostrou a evolução relacionada à idade das propriedades contráteis e elásticas do grupo muscular tríceps sural (TS), mostrando notadamente um aumento no torque e uma diminuição da resistência músculo-tendinosa com a idade. Esta evolução tinha sido já relatada em pré-adolescentes franceses. O resultado deste estudo servirá como referência para a população da região metropolitana. O terceiro artigo avaliou as propriedades mecânicas do TS em escolares pré-adolescentes de 9 anos que sofreram risco de desnutrição pregressa. Um grupo controle eutrófico da mesma idade foi testado também. Este estudo foi conduzido na zona da mata de Pernambuco. Os resultados indicaram que o risco de desnutrição pregressa pode modificar as propriedades do grupo muscular TS, com notadamente uma redução no torque muscular e um aumento na resistência músculo-tendinosa. Esta evolução foi atribuída à atrofia muscular e a um atraso no processo de maturação das estruturas elásticas, respectivamente. Além disso, escolares pré-adolescentes de 9 anos com risco nutricional mostraram propriedades elásticas similares àquelas de indivíduos mais jovens da região metropolitana. O quarto artigo analisou o desenvolvimento motor pelo uso dos testes de habilidades. Para este estudo, desenvolvimento motor fino, coordenação global e equilíbrio foram testados. O principal resultado do estudo mostrou um atraso de 10 meses no teste de equilíbrio para os pré-adolescentes do grupo de risco comparado a sua idade cronológica. Fatores ambientais e biomecânicos foram considerados para explicar estes atrasos. Estes estudos confirmam o suspeito atraso na maturação das estruturas elásticas. Uma consideração final pode ser feita: foi mostrado que o ergômetro de tornozelo dá resultados reproduzíveis e que isto é útil no campo experimental. Graças a essas medições, foi possível para estabelecer a influência da desnutrição nos músculos esqueléticos, a qual foi confirmada pelos testes de habilidades motoras. Os resultados deste trabalho podem ajudar a estabelecer critérios objetivos para avaliar a desnutrição. Os resultados também podem servir como banco de dados para estudos de seguimento do desenvolvimento dos músculos esqueléticos em crianças desnutridas

Endereço: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8685

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.