Barba, Cabelo e Bigode (Brasil, Lucio Branco, 2016)

Por: Luiz Carlos Santana.

Histórias(s) do Sport - 2018

Send to Kindle


Resumo

Fazer barba, cabelo e bigode constitui expressão que indica um percurso completo, ou seja, implica uma experiência abusiva: extensiva e intensiva (isso para não entrarmos em meandros de conotação outra – ver https://www.dicionarioinformal.com.br/barba+cabelo+e+bigode/). Nesse sentido, e complementarmente às menções estético-capilares dos protagonistas, o título é bastante pertinente. Faz juz às trajetórias de seus três personagens: Afonsinho, Nei Conceição e Paulo Cezar Caju.

Endereço: https://historiadoesporte.wordpress.com/2018/05/07/barba-cabelo-e-bigode-brasil-lucio-branco-2016/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.