Barreiras e Facilitadores Para a Implementação do Programa Segundo Tempo: Um Estudo de Caso

Por: Ana Paula Prestes de Souza, e .

Pensar a Prática - v.16 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Investigamos as principais barreiras e facilitadores para a implementação do Programa Segundo Tempo (PST). A pesquisa foi qualitativa e os dados coletados através de entrevistas semiestruturadas. Para o coordenador do PST no município, as principais barreiras relacionam-se com a falta de articulação entre os interesses das partes envolvidas. Já para os coordenadores de núcleo, relacionam-se com a falta de autonomia e apoio para o trabalho. Os principais facilitadores são a oferta de materiais esportivos, carga horária para planejamento e reforço alimentar. Alguns fatores são vistos ora como barreiras e ora como facilitadores: estrutura física para as atividades e armazenamento de materiais e presença de outros programas nas proximidades onde o PST é desenvolvido.


 

Endereço: http://revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/20113

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.