Brincar, Criar, Vivenciar na Escola

Por: .

1Ed. 111 páginas. Sprint. 2005

Send to Kindle


Sobre a Obra

Acredito que as vivências das atividades propostas nesse livro só se concretizam quando o professor se permite vivê-las om seus alunos, e não simplesmente ao se colocar como um espectador de suas aulas. Para isso temos um outro desafio, que deve ter seu olhar voltado, inicialmente, paroa a formação profissional. Com a corporeidade dos futuros profissionais de Educação Física vme sendo tratada nas escolas de formação? Essa reflexão é endereçada aos colegas que hoje se encontram nas uiversidades, recebendo alunos egressos também de uma outra estrutura negligente jas questões do corpo, que é a escola de educação básica.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.