Brinquedo de Miriti: Vivência na Escola

Por: Giovelangela Maria dos Santos Costa de Paula e Luiz Carlos Alves de Paula.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

No ano de 2012, nos meses de fevereiro a maio, foi realizado na Escola Ruth Rosita Gonzales, na cidade de Belém do Pará, com as turmas do Ensino Fundamental de 9º ano e do Ensino Médio 1º ano, um trabalho pedagógico interdisciplinar, coordenador pela professora de Educação Física, buscando por meio do brinquedo popular aqui utilizado o brinquedo de miriti, o elemento propulsor da aprendizagem. 
A disciplina de Educação Física norteou junto às outras disciplinas as atividades pedagógicas objetivando analisar o conceito de cultura popular e as implicações desse conceito nas aulas de Educação Física. No contexto escolar o brinquedo de miriti contribuiu para o desenvolvimento afetivo, intelectual, motor e social do estudante, apontado como produto artesanal. O brinquedo age de forma interativa no mundo de fantasias do aluno, aproximando-a da realidade social em que vive, ampliando suas experiências internas e externas ao seu mundo, causando melhores resultados na aprendizagem. 
A pesquisa caracterizou-se qualitativa. Por amostragem foi aplicado um questionário avaliativo aos discentes, professores e o gestor. Observou durante a aplicabilidade o aumento da frequência nas aulas, à participação e o envolvimento de toda a comunidade escolar. Por outro lado, o esporte “instituição”, além de estar na escola, determina o modo de ser e agir dos atores.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5440

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.