Bullying e Imagem Corporal: do Recreio às Aulas de Educação Física

Por: Saskia Lavyne Barbosa da Silva.

2014 14/03/2014

Send to Kindle


Resumo

O objetivo principal desse estudo consiste em analisar quais as principais causas motivadoras da prática do bullying infantil dentro das aulas de educação física e no momento do recreio, considerando as relações entre o bullying e a imagem corporal. Para isso, identificamos o modo como se dá o bullying nas aulas de educação física, descrevemos as motivações dos autores e mostramos como os alvos reagiram. A presente pesquisa tratou de um estudo qualitativo descritivo. O cenário desta investigação foi a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Monte Carmelo, localizada na cidade de Campina Grande. Foram selecionados como sujeitos, crianças, de ambos os sexos, entre sete e doze anos incompletos. Os critérios de exclusão dos sujeitos neste estudo consistiram nos seguintes: a faixa etária superior a 12 anos incompletos e inferior a sete, a negativa dos pais em assinar o TCLE ou, até mesmo a negativa da criança em realizar a entrevista. Para a coleta dos dados foi utilizada a escala de desenhos e silhuetas de Stunkard. Uma entrevista semiestruturada, elaborada para esta pesquisa acerca do tema bullying no recreio e nas aulas de educação física. E a técnica da observação sistemática, que tem como objetivo a descrição precisa do fenômeno através de um plano de observação. Como resultados, observou-se que o conceito de bullying não é bem difundido entre as crianças, que há uma relação direta entre o bullying, a imagem corporal e o desempenho motor nas aulas de Educação Física e no recreio.

Endereço: http://w2.portais.atrio.scire.net.br/upe-papgef/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.