Bullying nas Aulas de Educação Física: Discriminação e Agressividade

Por: Flávia Fernandes de Oliveira, Ludmila Mourão e Sebastião Josué Votre.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

No espaço escolar é comum vermos comportamentos discriminatórios e
agressivos entre alunos. Interpretamos tais comportamentos como Bullying:
"um comportamento cruel intrínseco nas relações interpessoais, em que os
mais fortes convertem os mais frágeis em objetos de diversão e prazer, através
de brincadeiras que disfarçam o propósito de maltratar e intimidar" (FANTE,
2005). Este fenômeno - que se manifesta por agressões verbais e físicas, pode
causar exclusão dos ofendidos das atividades esportivas e de lazer, bem como
humilhação, rejeição e - em casos extremos - o abandono da escola. Nas aulas
de educação física mista, é notório o menino discriminar a menina e viceversa, ou ocorrer discriminação intrasexo, por diferenças estéticas, ou nas
habilidades e interesses, ou por uns serem mais fracos e mais lentos do que os
outros. Conforme BOURDIEU (2002), parte substancial dos comportamentos
agressivos dos meninos surge pela não aceitação das diferenças no nível da
performance e das expectativas de atividades esportivas das meninas. Este
estudo tem como objetivo identificar e interpretar as situações de bullying que
ocorrem nas aulas de educação física, no eixo de gênero, e verificar como o
professor lida com esse fenômeno. Os dados provêm de uma pesquisa
qualitativa, onde foram registradas aulas de educação física mista de uma escola
da rede publica do município do Rio de Janeiro. Além da observação sistemática,
utilizamos uma ficha de anedotário, como recurso para reunir dados da
observação, que consiste na descrição feita, pelo pesquisador, de ocorrências
ou incidências significativas, nas quais o aluno e o professor têm parte, ou que
revelam um aspecto significativo de seu comportamento (TURRA, 1985). No
anedotário foram descritas as ocorrências de Bullying durante as aulas mistas,
bem como a interpretação desta ocorrência, com atenção para o procedimento
do professor, para as atitudes que o professor tomou. Conclui-se que o Bullying
é um comportamento que está contido no cotidiano da escola e que está sendo
vivenciado nas aulas de educação física, mas na maioria das vezes, o professor
ou não percebe que acontece o bullying em suas aulas, ou não dá atenção ao
que se passa.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/71_Anais_349.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.