Burnout em Tenistas de Elite em Diferentes Categorias Infanto-juvenis

Por: , Danilo Reis Coimbra e Pedro de Orleans Casagrande.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.24 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A síndrome de burnout manifesta-se em atletas por meio de três principais sintomas/características: exaustão emocional e física, desvalorização esportiva e senso de realização reduzido. Diante da necessidade de obter um desempenho ideal, jovens tenistas estão expostos a fatores de estresse que podem levar ao burnout, porém poucos estudos sobre o burnout no tênis têm sido pesquisados. Objetivo: O objetivo deste estudo foi analisar o burnout em tenistas de elite em diferentes categorias infanto-juvenis (CAT14, CAT16, CAT18). Métodos: No total, 130 atletas, incluindo 102 homens (x=15,14±1,3) e 28 mulheres (x=15,04±1,13), foram selecionados para este estudo transversal. O burnout foi medido usando o Questionário de Burnout para Atletas (QBA). Resultados: Os tenistas da CAT18 apresentaram níveis mais altos de burnout geral e desvalorização esportiva com relação aos jogadores da CAT16 e CAT14. Os atletas da CAT14 e CAT16 apresentaram níveis mais altos de “senso de realização reduzido” em associação com a desvalorização esportiva. Conclusões: As diferenças encontradas nos atletas da CAT18 podem refletir as demandas de transição do circuito júnior para o profissional. A percepção de realização reduzida deve ser monitorada nos tenistas para evitar burnout e abandono das atividades esportivas. Nível de Evidência III; Estudo retrospectivo comparativo.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922018000200121&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.