Campo de Terra, Campo da Vida: Interfaces das Expressões Cotidianas, as Alternativas de Resistência Popular e o Negritude Futebol Clube

Por: Roberta Pereira da Silva.

137 páginas. 2017 18/09/2017

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo expõe a formação, a organização e a permanência do time de várzea Negritude Futebol Clube, no período de 1981 a 2017, pois compreende a agremiação como fonte privilegiada para a compreensão do futebol de várzea nas suas múltiplas expressões. A pesquisa procurou identificar os elementos fundamentais da organização popular e de resistência por intermédio do futebol de várzea, mas também as formas de sociabilidade e formação de vínculos em contraposição à segregação socioespacial própria da constituição de um dos maiores conjuntos habitacionais da cidade de São Paulo. Neste contexto, foi possívelainda problematizar as relações de opressão de gênero, étnico-raciais, e de violação de direitos humanos que incidem sobre a infância e que tem como objetivo a carreira de jogador de futebol

Endereço: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20542

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.