Capacidade Aeróbia e Composição Corporal: Efeito de Um Programa de Treinamento Aeróbio de Oito Semanas Associado à Suplementação com Glutamina em Universitários

Por: Guilherme Fávero Rocco.

118 páginas. 2008 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Objetivos: verificar os efeitos fisiológicos e na composição corporal do treinamento aeróbio associado à suplementação com glutamina e comparar a velocidade crítica (VC) com outros índices associados ao desempenho aeróbio. Métodos: vinte e três voluntários sadios e ativos (21,8 ± 2,1 anos) foram submetidos a oito semanas com três seções semanais de treinamento aeróbio baseado na velocidade crítica. Os voluntários foram aleatoriamente distribuídos em dois grupos suplementados com placebo (PLA, n=11) ou glutamina (GLN, p=12), ambos administrados via oral dissolvidos em meio líquido adoçado em dose única diária (0,03g.kg-1). Resultados: Após o programa de treinamento, foram observadas diferenças significativas no grupo como um todo para: massa corporal total (MCT), somatório de dobras ( D), percentual de gordura (%G), consumo de oxigênio (VO2) no limiar ventilatório (LV), velocidades correspondentes ao LV (VLV), limiar de lactato (VLL), ponto de compensação respiratória (VPCR) e velocidade crítica (VC). O consumo pico de oxigênio (VO2pico) diferiu significativamente entre os grupos PLA e GLN (p=0,027), sendo a única variável que apresentou diferença entre os grupo. A VC foi significativamente superior às demais velocidades. Conclusões: A VC pode ser usada como um índice de desempenho aeróbio, porém não substitui as metodologias diretas de determinação do limiar anaeróbio. A glutamina parece não exercer efeito ergogênico na capacidade aeróbia e na composição corporal em resposta ao treinamento aeróbio em indivíduos ativos.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2415&listaDetalhes%5B%5D=2415&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.