Capoeira Angola na Favela: Juventudes, Sentidos e Redes Sociais

Por: Roberto C. Malcher Kanitz.

Licere - v.14 - n.4 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Esta dissertação procura discutir a forma como a Capoeira Angola constrói  elementos para o fortalecimento de redes sociais dos sujeitos envolvidos e, desse modo,  contribuir no sentido do enfrentamento a violência juvenil. Tento estabelecer um  diálogo com algumas importantes produções acadêmicas situadas na perspectiva das  teorias histórico-culturais, e no entrelaçamento com os saberes construídos com as  atividades desenvolvidas por jovens do Grupo de Capoeira Angola Meninos de  Palmares, localizado no aglomerado do Alto Vera Cruz, região periférica da cidade de  Belo Horizonte. Busquei estabelecer também alguns diálogos com o pensamento  complexo, na tentativa de captar aspectos peculiares e originais da trama observada, no  cenário pesquisado. Este trabalho releva ainda, a descrição do campo pesquisado e a  construção metodológica voltada para uma investigação que buscou avançar na  perspectiva interdisciplinar, com foco na observação participante e na realização de  entrevistas abertas temáticas. Esses diversos procedimentos convergem no esforço de  responder às questões que serão aqui apresentadas. O isolamento, ou o  compartilhamento dos saberes nos impede de compreender o que está tecido junto, ou  seja, segundo o sentido original do termo complexus. Nessa direção, a perspectiva 
histórico-cultural fundamenta-se, da mesma forma, na tentativa de superar os  reducionismos das concepções empiristas e idealistas, como fica evidente nas produções  de Vygotsky e de Bakhtin. Por fim, as considerações dessa pesquisa podem provocar  reflexões sobre as questões dos grandes centros urbanos, seus processos de exclusão,  violência e marginalidade, e ainda, as resistências fantásticas de seus sujeitos e suas  manifestações afrodescendentes.

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV14N04_tc1.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.