Capoeira Angola na Internet Comunidades, Memória e Tradição

Por: Cecilia Tamplenizza.

183 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Analiso as comunidades existentes nos sites de relacionamentos Orkut e Facebook que falam sobre capoeira angola, para ver como hoje é discutida a relação entre essa arte e a memória histórica, social e política da qual é herdeira. Comunemente a capoeira angola é apresentada como uma arte de libertação ensinada tradicionalmente pelos antigos mestres. Como acontece, então, esse encontro de civilizações na internet? Proponho-me entender que identidade os usuários dessas comunidades compartilham, sendo eles brasileiros ou não. Quero observar como o conceito de tradição é discutido pelas comunidades virtuais de capoeira angola e como nos sites de relacionamento se constrói e guarda a memória individual e coletiva dessa arte. Penso a internet como uma hiperrealidade que permite o retorno da terra sobre si mesma e, como um espaço de produção cultural que mostra a mundialização e difusão da capoeira angola.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.