Capoeira, Um Contributo Para a Melhoria da Coordenação Motora em Indivíduos com Síndrome de Down

Por: Andreyson C de Brito, Manoel Botelho e Nicolino Trompieri Filho.

XVI Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objectivo avaliar os efeitos da prática da capoeira na coordenação motora de indivíduos com Síndrome de Down, em função do sexo e da idade. A amostra foi constituída por 20 indivíduos portadores de Síndrome de Down, com deficiência intelectual moderada, com idades compreendidas ente 8 e 39 anos, divididos em dois grupos: grupo A (8 a 14 anos) e grupo B (15 a 39 anos). Os indivíduos foram submetidos à prática da capoeira duas vezes por semana, durante 14 semanas, com 45 minutos de duração cada sessão. Os instrumentos utilizados para avaliar a coordenação motora foram os testes de Corrida de Mudança de Direcção, o Tapping Pedal e o de Destreza Manual de Minnesota (Minnesota Manual Dexterity). Os procedimentos estatísticos incluíram a estatística descritiva (média e desvio padrão) e a estatística inferencial (Teste de Mann-Whitney e teste de Wilcoxon). O nível de significância foi estabelecido em p ≤ 0,05. A ferramenta estatística utilizada foi o Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), versão 15.0. O principal resultado deste estudo, relativamente à coordenação motora dos indivíduos com síndrome de Down, revelou diferenças estatisticamente significativas em todos os testes aplicados quando comparamos os dois momentos de avaliação da coordenação motora, em função do sexo masculino, do sexo feminino, dos indivíduos mais novos, dos indivíduos mais velhos e da amostra total. Assim sendo, o presente estudo sugere que a prática da capoeira pode contribuir para a melhoria dos níveis de coordenação motora de indivíduos com síndrome de Down.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.