Características Aeróbias e Anaeróbias Mensuradas em Mesatenistas Brasileiros Treinados

Por: Alessandro Moura Zagatto e Claudio Alexandre Gobatto.

Revista da Educação Física - UEM - v.24 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi determinar, em mesatenistas bem treinados, as aptidões aeróbia e anaeróbia. Participaram do presente estudo oito mesatenistas brasileiros treinados do sexo masculino (18±2 anos). Os sujeitos foram submetidos a um teste incremental específico para determinação do consumo pico de oxigênio (VO2pico), intensidade associada ao VO2pico (iVO2pico ) e do ponto de compensação respiratório (PCR) e a dois testes de esforços repetitivos, sendo o teste de RAST e o índice anaeróbio alático (IAA), para determinação dos índices anaeróbios. O VO2pico correspondeu a 50,5±4,4ml•kg-1•min-1, a iVO2pico a 52,1±9,6bolas•min-1 e o PCR a 44,9±8,0bolas•min-1. No RAST, a potência pico (PP) e a potência média (PM) relativa corresponderam a 9,0±1,3W•kg-1 e 7,0±0,9W•kg-1, respectivamente, enquanto que o IAA foi 1,14±0,51mM/m•s-1. Esses valores de  e dos parâmetros anaeróbios quando comparados a valores de outros esportes com raquetes caracterizaram que mesatenistas brasileiros treinados apresentam potência aeróbia moderada e potência anaeróbia é baixa

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/15269/11490

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.