Características Antropométricas e de Aptidão Física em Remadores

Por: Joel Cardoso.

45 páginas. 1987

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como propósitos: a) caracterizar segundo dados antropométricos e de aptidão física, 47 remadores, sendo 31 da categoria Júnior (idade: 15 a 18 anos) e 16 da categoria Sênior B (idade: 19 a 22 anos), da cidade de Florianópolis, Estado de Santa Catarina; b) verificar o relacionamento entre as variáveis antropométricas: c) verificar o relacionamento entre os testes de aptidão física: d) verificar o relacionamento entre as variáveis antropométricas e os testes de aptidão física. Foram verificadas as seguintes variáveis antropométricas: peso, altura, altura de alcance, comprimento do tronco, envergadura, diâmetro bideltoidal, comprimento dos membros superiores e inferiores, perímetro de braço, perímetro de perna e 4 medidas de dobras cutâneas (supra-ilíaca, sub-escapular, triciptal e abdominal). Os testes de aptidão física aplicados foram os seguintes: flexibilidade, impulsão horizontal, corrida de 40 segundos, corrida de 12 minutos, força máxima e resistência muscular. Os resultados mostraram que na antropometria, há uma tendência dos remadores deste estudo apresentarem valores inferiores aos remadores de nível internacional. As correlações obtidas para os remadores da categoria Júnior, foram predominantemente moderadas, enquanto para a categoria Sênior B, a maior incidência foi de correlações fracas e negativas. Quanto aos resultados obtidos nos testes de força máxima e de resistência muscular, verificou-se que os remadores pesquisados estão muito abaixo dos remadores de nível internacional.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=111&listaDetalhes%5B%5D=111&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.