Características Antropométricas de Jovens Nadadores Brasileiros do Sexo Masculino e Feminino em Diferentes Categorias Competitivas

Por: Antonio Carlos Dourado, Christiano Bertoldo Urtado, Felipe Fedrizzi Donatto, Gerson dos Santos Leite, João Bartolomeu Neto, Jonato Prestes e Richard Diego Leite.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.8 - n.4 - 2006

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verifi car o perfi l e as diferenças nas características antropométricas de jovens nadadores brasileiros, de distintas categorias, em ambos os gêneros. Foram avaliados 90 nadadores do sexo masculino e 70 do sexo feminino das categorias Infantil (12-13 anos), juvenil (14-15 anos) e junior (16-18 anos). As variáveis antropométricas mensuradas foram: massa corporal (Kg), estatura (m), IMC (Kg/m2), massa magra (kg), massa gorda (kg) e envergadura (m). O percentual de gordura (%G) foi obtido através da equação de Lohman. Na estatística, foi utilizado o teste Anova two way seguido de post hoc Tukey, com p<0,05. No gênero masculino, a categoria junior apresentou maior massa corporal, estatura, envergadura e massa magra em relação aos grupos infantil e juvenil. Para o gênero feminino, a massa corporal foi superior na categoria junior comparada à infantil e a juvenil. Foram observadas estatura, envergadura, massa magra e massa gorda maiores na categoria junior, quando comparadas à infantil. No sexo feminino, a categoria juvenil apresentou maior massa corporal e massa magra em relação ao grupo infantil. Na categoria infantil, os meninos apresentaram maior massa corporal e massa magra em relação às meninas. Na categoria juvenil, o masculino teve maior massa corporal, estatura, envergadura e massa magra em relação ao feminino, que teve maior %G. Na categoria junior, os meninos apresentaram maior massa corporal, estatura, envergadura e massa magra em relação às meninas, que apresentaram maior %G. Conclui-se que, existem diferenças nas variáveis antropométricas entre as categorias, em ambos os gêneros, entretanto, para o grupo feminino as diferenças antropométricas entre as categorias infantil e juvenil são menos evidentes, provavelmente, devido às alterações orgânicas e hormonais que ocorrem prematuramente em meninas.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3928

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.