Características da Capacidade Funcional e Sua Relação com o Imc em Idosas Ingressantes em Um Programa de Educação Física

Por: Adriana Lucio, Marcos José Costa Bezerra, e Simone Aparecida Sousa.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.19 - n.2 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo tem como objetivo traçar o perfil funcional de idosas fisicamente independentes e identificar sua relação com o índice de massa corporal no momento de ingresso em um programa de educação física. Participaram do estudo 15 idosas (67,53 ± 5,15). Foram submetidas à mensuração das variáveis antropométricas (peso e altura) e à avaliação funcional. Utilizou-se estatística descritiva (média e desvio padrão) e de correlação (r de Pearson), com nível de significância de 5%. Conclui-se que os valores acima da normalidade do IMC não induziram à incapacidade funcional na amostra analisada, entretanto, usar o IMC como um parâmetro isolado não é suficiente para detectar sua influência no desempenho físico.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/2415

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.