Características Dinâmicas e Espaço Temporais da Marcha de Meninas Descalças e Calçadas

Por: Lígia Raquel Ortiz Gomes Stolt.

2004

Send to Kindle


Resumo

Este estudo descritivo exploratório teve como objetivo a descrição e comparação das características dinâmicas (1º e 2º pico de força, taxa de aceitação ao peso e força de suporte médio) e espaço temporais (cadência, comprimento do passo, tempo de apoio duplo e tempo de apoio simples) da marcha de meninas entre dez e doze anos de idade, com e sem a utilização de calçados, a 4km/h. Participaram deste estudo 35 meninas autorizadas pelos pais, sem antecedentes de fraturas ou cirurgias em membros inferiores. Os dados foram coletados no Laboratório de Biomecânica do CEFFID-UDESC, através dos seguintes procedimentos: a) Entrevista; b) Tomada de medidas antropométricas dos sujeitos c) Adaptação dos sujeitos à esteira; d) aquisição de dados dinâmicos e espaço temporais da marcha nas situações descalças e calçadas, conforme ordem sorteada, utilizando-se o sistema Kistler Gaitway 9810 S1x (esteira) com freqüência de 400Hz e tempo de aquisição de 12 segundos. Os dados referentes às variáveis dinâmicas e espaço temporais foram agrupados de acordo com a idade das meninas e analisados através da estatística descritiva e ANOVA one way com realização da "post-hoc" análise de "Scheffé", quando necessário. Os dados relativos à comparação das características da marcha com e sem a utilização de calçados foram analisados através do teste "t"de student pareado, com p_ 0,05. Através da análise dos resultados foi possível concluir que: (1) as características dinâmicas e espaço-temporais da marcha são praticamente simétricas e a maioria é homogênea (exceto a taxa de aceitação ao peso nas dinâmicas e o tempo de apoio duplo nas espaço-temporais), sendo que as dinâmicas apresentam valores equivalentes aos da literatura; (2) Apenas as características espaço-temporais (Comprimento do passo descalças, cadência calçadas e tempo de apoio duplo tanto descalças quanto calçadas) sofrem alterações com o avanço da idade, sendo que todas alterações ocorreram entre 10 e 12 anos de idade e (3) o uso do calçado acarreta modificações na marcha, tanto em suas características dinâmicas (força de suporte médio), quanto nas espaço-temporais (Comprimento do passo, cadência e tempo de apoio duplo).

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.