Características do Equilíbrio de Tronco de Remadores na Posição Sentada

Por: Fabiane de Oliveira Macedo.

2006

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar as características do equilíbrio de tronco de remadores, na posição sentada. A pesquisa é caracterizada como descritivo exploratória, tendo 30 remadores do sexo masculino com idade entre 15 e 28 anos como participantes. Os dados foram coletados usando uma prancha de equilíbrio, desenvolvida por Soares (2004), constituída de uma superfície inferior convexa, que possui 5 anéis concêntricos divididos e isolados em 8 partes, dispostos num diâmetro total de 76 mm (± 0,01). A análise dos dados procedeu-se a partir do teste de Normalidade Shapiro-Wilk, seguido dos testes Wilcoxon e Kruskal-Wallis. Através dos resultados percebeu-se que a informação visual influenciou na manutenção do equilíbrio quando os remadores estavam com os dois pés em contato com o solo. Verificou-se uma heterogeneidade nas características do equilíbrio de tronco para cada grupo relacionado à informação visual, quando os remadores estavam com o apoio do pé dominante em contato com o solo. Quando os remadores estavam com o apoio do pé não dominante em contato com o solo, com e sem informação visual, os resultados mostraram que provavelmente houve uma compensação entre os sistemas sensoriais e que a informação visual pareceu influenciar na manutenção do equilíbrio. Os resultados indicaram que com o apoio dos dois pés em contato com o solo, com informação visual, há diferenças nas oscilações dentro dos grupos de remadores, e entre os grupos de remadores apenas Equipe e Pré ¿ Equipe não mostraram diferença no desempenho. Quando se analisou o apoio dos dois pés e do pé dominante em contato com o solo com informação visual, observou que apenas no grupo de remadores da Equipe não ocorreram diferenças significativas no desempenho da tarefa, porém não se notou diferenças no desempenho das tarefas quando o apoio do pé no solo era feito com o dominante e com o não dominante. Os resultados referentes às características do equilíbrio de tronco de remadores, na posição sentada, com diferentes apoios dos pés em contato com o solo, sem informação visual, mostraram que não houve diferenças significativas entre o desempenho do equilíbrio de tronco dos remadores, nos três diferentes apoios dos pés. Conclui-se que este estudo trouxe subsídios para afirmar a hipótese de que o equilíbrio de tronco na posição sentada está diretamente relacionada aos conceitos do controle do equilíbrio na posição em pé, podendo deste modo vir a contribuir para as questões que envolvem o desenvolvimento, o desempenho do equilíbrio humano, bem como para os aspectos do treinamento técnico dos remadores, sendo necessária uma continuidade nas investigações, para ter outras informações que possibilitarão um melhor entendimento a respeito do equilíbrio de tronco, na posição sentada para diferentes populações.

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.