Características Mecânicas de Tatames Utilizados no Judô

Por: Milton José Cinelli, Noé Gomes Borges Junior, Roberto Müller Heidrich, e Sebastião Iberes Lopes Melo.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.18 - n.3 - 2004

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve por objetivo analisar as características físicas e mecânicas de diferentes tatames de judô. A compreensão do comportamento destas variáveis é importante para determinar as características desejáveis destes materiais para que a segurança dos praticantes seja melhorada, tendo em vista o elevado número de quedas do judoca. Foram selecionados, intencionalmente, sete tipos de tatames, sendo seis sintéticos e um de palha. Um pêndulo balístico instrumentado com um acelerômetro foi utilizado para determinar um conjunto de variáveis que descrevem as propriedades físicas dos tatames. Os dados foram tratados com a estatística descritiva, inferencial (análise da variância e o teste de comparação múltipla de Tukey) e a correlação de Pearson a p £ 0,05. Os resultados indicam que: a) os coeficientes de restituição (CR) dos tatames analisados são altos, com média de 0,60; b) o tatame “C” apresentou o maior valor de impacto (g) transmitido na interação pêndulo versus tatames (36,54 g) e o “F” o menor (24,24 g); c) constatou-se alta correlação negativa (r= -0,80) dos CRs com os valores de impactos (g). Os resultados do estudo indicam que os tatames “A” e “F” são os recomendáveis para amortecimento de quedas no judô, e, ainda, apontam que há necessidade de mais investigações levando em consideração um maior número de variáveis, tais como: análise da composição química dos materiais, a densidade e a resiliência. UNITERMOS: Judô; Coeficiente de restituição; Impactos; Tatames.

Endereço: http://www.usp.br/eef/rbefe/v18n32004/v18p227.pdf

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.