Características Morfológicas, Desempenho de Força e de Potência Anaeróbia em Jogadores de Basquetebol em Cadeira de Rodas

Por: Bruno Sérgio Portela, Luís Paulo Gomes Mascarenhas, Marcos Roberto Queiroga, , Matheus Amarante do Nascimento, Sandra Aires Ferreira e William Cordeiro de Souza.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.19 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi o de fornecer uma análise descritiva da estrutura morfológica, do desempenho de força e de potência anaeróbica de membros superiores de atletas de basquetebol em cadeira de rodas. Onze jogadores do sexo masculino (33,2 ± 10,6 anos; 71,8 ± 15,8 kg) foram submetidos a medidas antropométricas e a testes de dinamometria (kg), lançamento de medicine ball (m) e de wingate de braços (W). Os resultados revelaram altura tronco-cefálica (79,7 ± 4,6 cm), percentual de gordura (20,7 ± 7,6%), força de preensão manual e de lançamento (50,1± 10,6 kg e 3,9 ± 1,1 m, respectivamente), além de potência pico (316,8 ± 126,2 W), potência média (160,5 ± 76,5 W) e índice de fadiga (50,4%) inferiores ao desempenho de outros atletas de basquetebol em cadeira de rodas. As características morfológicas e desempenho dos atletas do presente estudo sugerem desvantagens quando são comparados a outros atletas de basquetebol em cadeira de rodas.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2017v19n3p343

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.