Características Morfologicas de Judocas do Sexo Feminino

Por: , Christianne F. Coelho, Claudinei Ferreira dos Santos, , Karina E. S. Silva, Leandro R. Altimari, Lincon K. Takahashi, Roberto O. Okano e Soraya R. Dodero.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O judô, ao longo das últimas décadas, tem projetado o Brasil no cenário internacional. Nesta modalidade a divisão das categorias ocorre conforme o peso corporal. Sendo assim, a composição corporal se apresenta como um fator importante no desempenho dos atletas. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi verificar as características morfológicas em atletas do sexo feminino. Fizeram parte da amostra 11 atletas de nível nacional, competidoras das seguintes categorias: meio-leve (n = 2; Peso = 53,30 ± 0,14 kg); leve (n = 2; 57,45 ± 1,34 kg); médio (n = 2; 69,60 ± 1,27 kg); meio-pesado (n = 1; 75,00 kg); e pesado (n = 4; 91,60 ± 7,26 kg). Adensidade corporal foi estimada pelo método de dobras cutâneas (Jackson et ai.,1980) e o % Gordura pela equação de SIRI (1961). Os valores do % Gordura encontrados nessas atletas foram superiores em todas as categorias a outros estudos de mesma natureza disponíveis na literatura (CALLISTER, 1991; FRANCHINI, 1996; LITTLE, 1991). De acordo com os achados, todas as categorias apresentaram valores semelhantes quanto a estatura, ao passo que para o %Gordura e o peso corporal, a categoria pesado apresentou uma grande diferença em relação às categorias meio-leve, leve e médio. O maior peso corporal apresentado pelas judocas da categoria pesado no presente estudo ocorreu muito mais em função de uma alta quantidade de gordura corporal do que por uma maior quantidade de massa magra.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.