Caracterização das Cargas de Flutuação de Implementos de Hidroginástica e Hidroterapia

Por: Flávia Gomes Martinez, Jefferson Fagundes Loss, Lara Elena Gomes e Vanessa Ghiorzi.

Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte - v.10 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Com o intuito de quantificar as cargas dos implementos flutuantes utilizados na hidroterapia e/ou hidroginástica, este estudo teve como objetivo determinar a carga de flutuação desses implementos por meio da verificação dos valores de seus pesos hidrostáticos. Para isso, uma célula de carga foi usada para medir o peso hidrostático de cada implemento. Os implementos foram classificados como de sustentação ou sobrecarga, com exceção dos aquatubos, que formaram outro grupo. O aquatubo sem orifício apresentou uma carga de flutuação um pouco maior que o com orifício, e não houve diferença das cargas de flutuação entre aquele que não tinha orifício e aquele que foi vedado. Os implementos de sobrecarga apresentaram peso hidrostático médio de 1,28 kgf. O peso hidrostático médio dos implementos de sustentação foi superior ao dos de sobrecarga.

Endereço: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/3628

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.