Caracterização das Lesões Esportivas em Atletas de Parabadminton

Por: Aline Miranda Stapasson, Dcheiny Janayna Baessa, Edison Duarte e Jalusa Andreia Storch.

Conexões - v.11 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi caracterizar a prevalência de lesões esportivas em atletas com deficiência física que praticam Parabadminton (Pbd). Para tanto, realizou-se uma pesquisa de campo descritiva, exploratória, de natureza quantitativa e de corte transversal. A amostra foi composta por 19 atletas que participaram do Campeonato Nacional de Pbd. Como instrumento de coleta utilizou-se um questionário composto por 14 questões abertas e fechadas que trataram sobre particularidades da condição de deficiência, tempo de participação na modalidade e outros esportes, questões relativas as lesões esportivas nos atletas. Os resultados prevalentes relacionados as lesões esportivas foram: subluxação de ombro (13,35%), entorse de tornozelo (13,35%), escoriações de cotovelo e joelho (13,35%), e com 6,66%: bursite no ombro, epicondilite, cisto no punho, distensão muscular do bíceps braquial, contusão na costela, tendinite de membro inferior, ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho, ruptura de menisco e fasceíte plantar. Em relação aos segmentos corporais afetados, constatou-se a prevalência de 47% das lesões afetando os membros superiores, 47% os membros inferiores e 6% o tronco. Inferiu-se que o Pbd gera risco para desenvolvimento de lesões esportivas em seus atletas, o que alerta-nos para a necessidade de implementação de medidas de prevenção e controle das mesmas.
 

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/1090

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.