Caracterização de Dois Protocolos de Avaliação de Preensão Manual Para Prescrição de Treinamento no Remo

Por: Affonso Celso Kulevicz da Silva, Caren Fernanda Muraro, Monique da Silva Gevaerd, Noé Gomes Borges Junior, Susana Cristina Domenech e Yoshimasa Sagawa Junior.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.37 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi verificar a aplicabilidade de dois protocolos de avaliação de força de preensão manual como subsídio para prescrição de treinamento no remo. Participaram seis atletas profissionais da modalidade de remo e onze não-atletas, todos homens com (25±5) anos. Dois protocolos de avaliação (contínuo e intervalar) foram efetuados. Os valores dos parâmetros de força e decréscimo percentual da força foram empregados para verificar diferenças entre os membros (teste t pareado) e entre os grupos (teste t independente). O protocolo contínuo mostrou-se mais sensível para detectar diferenças nos valores de força e decréscimo percentual de força entre diferentes membros e entre os grupos, enquanto o protocolo intervalar foi eficaz para identificar os valores de força máxima.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/1601

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.