Caracterização dos Níveis de Pressão Sonora em Academias de Ginástica e Queixas Apresentadas Por Seus Professores

Por: Adriana B. M. de Lacerda, Ana C. Fiorini e Thaís C. Morata.

Revista Brasileira de Otorrinolaringologia - v.67 - n.5 - 2001

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Este estudo objetiva identificar as queixas auditivas e orgânicas dos professores de ginástica e avaliar os níveis de pressão sonora (NPS) produzidos nas aulas de ginástica com música. A medição dos NPS foi realizada seguindo as condições sugeridas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), na Norma 10151. Forma de estudo: Prospectivo clínico randomizado. Material e método: 32 professores de ginástica responderam a um questionário com questões referentes às queixas relacionadas aos NPS. Resultados: As queixas mais freqüentes foram: zumbidos (24%), sensação de ouvido tampado (15%) e baixa concentração (15%). As modalidades de ginástica nas quais foi realizada a avaliação dos níveis de pressão sonora foram: Step, Body Pump e Aerofitness. Conclusão: Os resultados desta avaliação revelaram intensidades que variaram de 73,9 a 94,2 dBA e sugerem presença de elevados níveis de pressão sonora em 66% das aulas avaliadas.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462011000200013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.