Caracterização do Perfil do Gestor Esportivo dos Clubes da Primeira Divisão de Futebol do Distrito Federal e Suas Relações com a Legislação Esportiva Brasileira

Por: .

Revista da Educação Física - UEM - v.15 - n.1 - 2004

Send to Kindle


Resumo

O processo que possibilitou aos clubes esportivos se tornarem empresas foi iniciado pela promulgação da Lei Zico (1993) e avançou na profissionalização da administração esportiva, com a Lei Pelé – em 1998. Este estudo analisou os perfis dos presidentes dos dez clubes de futebol profissional participantes do Campeonato Brasiliense da primeira divisão, no ano de 2001. Quanto aos fins, foi uma pesquisa de campo do tipo quantitativo-descritivo, e quanto aos meios foi uma pesquisa de campo com a investigação empírico-científica. Os dados foram coletados utilizando a técnica de questionário. Medidas de associação para variáveis qualitativas foram utilizadas para analisar os perfis dos dirigentes. Os resultados mostraram que esses dirigentes são homens católicos, casados, recebem mais de 25 salários-mínimos, possuem o primeiro grau (Ensino Fundamental) completo, têm, em média, 45 anos e meio; possuem as ocupações de funcionário público e empresário, que acumulam com as atribuições de dirigentes de seus clubes.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3427/2458

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.