Caracterização Postural da Jovem Praticante de Ginástica Olímpica

Por: Guimarães Mmb, João Sma e Sacco Icn.

Revista Brasileira de Fisioterapia - v.11 - n.3 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Identificar as alterações posturais em crianças praticantes de ginástica olímpica, com idade entre 8 e 12 anos. Métodos: Foram avaliadas 84 estudantes, 38 praticantes de ginástica olímpica e 46 não praticantes, com idade entre 8 e 12 anos. Foram realizadas fotografias de cada criança nos planos frontal anterior e posterior e plano sagital. As fotos foram analisadas através do software Corel Draw, v. 11.0, utilizando as ferramentas linhas-guia e dimensão (dimensão angular, dimensão vertical e dimensão horizontal), visando determinar os parâmetros das 19 variáveis qualitativas e 5 variáveis quantitativas. Resultados: Ao comparar os sujeitos do grupo teste (GT) com os sujeitos do grupo controle (GC), observa-se diferença estatisticamente significante nas variáveis rotação medial de fêmur (GC 56,52%; GT 39,47%), antepulsão de pelve (GC 43,48%; GT 76,32%) e rotação de tronco (GC 67,39%; GT 23,68%). Observa-se também diferença significante em relação às medidas de valgo de joelho (GC 4,06 ± 2,32 cm; GT 3,14 ± 1,49cm), desnível de pelve (GC 0,69 ± 0,39 cm; GT 0,53 ± 0,33cm) e ângulo tíbio-társico (GC 86,93 ± 2,90 cm; GT 87,11 ± 4,17 cm). Conclusão: Ao analisar os resultados, nota-se uma tendência ao melhor alinhamento dos membros inferiores no grupo teste quando comparado ao grupo controle. Há um aumento da inclinação pélvica anterior e uma tendência ao aumento da hiperlordose lombar no grupo teste, fatores que podem predispor a praticante de ginástica olímpica a um desalinhamento sobre as estruturas esqueléticas, levando a quadros dolorosos, limitando a sua vida esportiva.

Palavras-chave: postura; fisioterapia; criança; esporte; ginástica.

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbfis/v11n3/a07v11n3.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.