Carreira no Magistério Público e o Nível de Qualidade de Vida no Trabalho Docente em Educação Física

Por: Alexandra Folle.

Motriz - v.14 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo


Resumo: o objetivo deste estudo foi analisar a qualidade de vida no trabalho (QVT) de docentes de Educação Física, considerando a formação acadêmica e as classes da carreira no magistério público estadual do Rio Grande do Sul (MPE-RS). Participaram da investigação 380 professores de Educação Física do ensino Fundamental e Médio. Na coleta de dados utilizou-se a Escala de Avaliação da Qualidade de Vida no Trabalho Percebida por Professores de Educação Física (BOTH et al., 2006). Para verificar a existência de associações entre as variáveis investigadas utilizou-se o teste Qui-quadrado (p < 0,05), contido no software SPSS 11.5. Os resultados revelaram que a maioria dos professores está satisfeita com a QVT e que houve associação significativa entre as classes do MPE-RS e as dimensões "Condições de trabalho", "Integração social na vida do trabalho" e "Relevância social da vida no trabalho". Diferença significativa também foi evidenciada entre a "Relevância social na vida do trabalho" e a formação acadêmica.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1396/1756

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.