Celebrando os Jogos, a Memória e a Identidade: XI Jogos dos Povos Indígenas

Por: (Organizador) e (Organizador).

272 páginas. UFGD. 2015

Send to Kindle


Sobre a Obra

“O importante não é competir, mas celebrar” é lema que permeia os jogos dos povos indígenas. A importância do celebrar é uma das raízes da saúde social de cada povo, assim como é reconhecido pelos organizadores como um dos eixos de suas identidades. As metas e as ações específicas deste brasileiríssimo evento energizam cada um dos povos participantes. O livro, em seu conjunto, mostra a complexidade étnica diante das questões lúdico-esportivas. O evento constitui espaços que envolvem um grande número de etnias, propicia troca de saberes e encaminhamentos políticos. Revitaliza processos de esquecimento e de salvaguarda das culturas indígenas. Envolve conhecimentos ancestrais, científico e político governamental. A XI edição foi uma realização do Comitê Intertribal – Memória e Ciência Indígena (ITC) com a parceria do Ministério do Esporte e apoio dos diversos órgãos governamental das esferas do município e estado sede e do governo federal. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.