Cenário da Prática de Atividades Físicas e da Epidemia de Excesso de Peso no Brasil

Por: Cristina Pinheiro Mendonça e Luiz Antonio dos Anjos.

Atlas do Esporte no Brasil.

Send to Kindle


Resumo

A atividade física, que por definição se entende como qualquer movimento proveniente de contração de musculatura esquelética, compreende uma gama de dimensões que incluem todas as atividades voluntárias, como as ocupacionais, de lazer, domésticas e de deslocamento. Os dados sobre as características de atividade física da população brasileira são escassos, uma vez que não existe estudo nacional de base populacional que tenha investigado todas as suas dimensões. Comparando-se o nível de atividade física ocupacional (NAFO), baseado nas informações sobre a ocupação principal, dos dados disponíveis da população brasileira residente no Nordeste (NE) e Sudeste (SE) investigados em três inquéritos domiciliares em amostra probabilística (Estudo Nacional de Despesa Familiar (ENDEF), realizado nos anos de 1974/75; Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição (PNSN) de 1989 e Pesquisa de Padrões de Vida (PPV) de 1997), pode-se verificar que a prevalência do NAFO leve e moderado aumentou, enquanto a do pesado declinou substancialmente (Figura 1).

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.