Centros de Saúde : Implementação de Um Programa de Ginástica Para Idosos

Por: Cristina Brust.

2008

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desta pesquisa é descrever a implementação do programa de ginástica Idoso Ativo nos Centros de Saúde (CS) e sua influência nas aptidões funcionais das idosas participantes. A pesquisa foi realizada em quatro CS de Florianópolis (Córrego Grande, Rio Tavares, Saco Grande e Policlínica do Estreito), participantes do programa Saúde do Idoso, o qual desenvolve o programa de ginástica Idoso Ativo. Este estudo é caracterizado do tipo descritivo e foi dividido em duas etapas. Na primeira foi investigada a implementação do programa. A coleta desta etapa foi realizada por meio de entrevistas e questionários onde fizeram parte da amostra o médico responsável pelo CS, enfermeiro e algum outro funcionário (recepcionista, auxiliar administrativo,...) de cada CS participante, as professoras/estagiárias e as idosas que participam do programa de ginástica desde o seu início, no mês de julho de 2006. Utilizou-se o método qualitativo de análise de conteúdo para a análise dos dados. Na segunda etapa foi avaliada a aptidão funcional das idosas através da Bateria de Testes da American Alliance for Health, Physical Education, Recreation and Dance — AAHPERD, a qual é composta por cinco testes motores que avaliam componentes da aptidão funcional. A amostra foi composta pelas idosas que participam do programa de ginástica desde o seu início, no mês de julho de 2006, e que realizaram as coletas em julho/2006, dezembro/2006, março/2007 e julho/2007. Os dados foram organizados no programa Microsoft Excel e analisados no programa estatístico SPSS 13.0 for Windows. Para a análise dos resultados encontrados foi utilizada uma MANOVA com intervalo de confiança de 95%. Constatou-se que o programa influenciou nas aptidões físicas (F(15)= 9,311; p<0,001), agindo com um efeito geral de 49% (η²0,49). Através de análises de comparação dos efeitos principais, constatou-se que as variáveis que mais contribuíram para tal foram a coordenação, resistência aeróbica e a força dos membros superiores. Contudo, para as aptidões flexibilidade e agilidade, não se observou diferença significativa. Para o município em estudo, avaliar a implementação de um programa de ginástica para idosos, num modelo de atenção na promoção da qualidade de vida da população se faz necessário, pois subsidiar pesquisas com dados baseados em experiências significativas que possam favorecer o aperfeiçoamento desta estratégia contribui também para a iniciativa de novas propostas de intervenção, visando integrá-las às demandas da comunidade.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.