Chaves Para o Começo do Processo de Democratização dos Esportes em Portugal (1974-1982)

Por: Sixte Abadía Naudí e Xavier Pujadas Martí.

Recorde: Revista de História do Esporte - v.6 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

De uma perspectiva histórica, no final da ditadura Portuguesa (1926-1974), um quadro de mudanças notáveis ​​foi criado, o que aprimorou a modernização da sociedade e a difusão de um fenômeno desportivo até então pouco generalizado entre a população. Apesar da instabilidade política e social, particular ao processo revolucionário em curso (1974-1976), este primeiro período pós-ditatorial permitiu algum avanço no campo dos esportes, principalmente por causa de iniciativas de associativismo e relacionadas com a adoção de um modelo de exporte para todos. O ponto de inflexão em relação ao desenvolvimento do tema dos esportes ocorreu quando os primeiros governos constitucionais foram formados e a Constituição da República Portuguesa (1976) foi aprovada. A partir de então, a implementação de políticas desportivas descentralizadas permitiu a sua transformação para um modelo mais generalizado, diversificado e equilibrado.

Endereço: http://www.revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/659

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.