Cibercultura, Tecnologias da Computação e da Informação na Educação Física e nos Esportes no Período Pré-olimpíadas de 2016

Por: Rafael da Silva Mattos.

Corpus Et Scientia - v.9 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste artigo é fazer uma aproximação entre a cibercultura e o desenvolvimento de softwares, tecnologias da computação e da informação na área da saúde, sobretudo, na educação física e nos esportes. Trata-se de uma discussão em da cibercultura esportiva num contexto de grande ênfase dos esportes no cenário nacional brasileiro. Atualmente muito se discute se a Educação Física será reduzida ao esporte de alto rendimento, tal qual foi no período competitivista ou se a Educação Física e os Esportes realmente ganharão um grande incentivo capaz de deixar um legado socioeconômico para o Brasil. Contudo, a produção de informação, conhecimento e tecnologias é um legado que precisa realmente existir de fato. Atualmente a Educação Física tem participado ativamente da produção de cibercultura, na medida em que o esporte se tornou um grande campo de inovação tecnológica. Tanto tecnologias para o esporte de alto rendimento quanto para atividades físicas voltadas para a saúde e lazer estão se multiplicando. Nesse sentido, a saúde também tem sido alvo do biopoder e o sujeito inserido num padrão normatizador de saúde.

 

Endereço: http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/corpusetscientia/article/view/91

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.