Ciclo Vigília/sono e Controle Postural: Influências dos Padrões de Sono Sobre o Equilíbrio de Idosos

Por: André Martines de Albuquerque.

73 páginas. 2010 30/03/2010

Send to Kindle


Resumo

Introdução: As quedas são bastante freqüentes e constituem um dos principais fatores de morbidade e mortalidade na população idosa. Recentemente, piores padrões do sono foram associados com a má qualidade do equilíbrio nessa população. Objetivo: O objetivo deste estudo foi determinar a possível existência de associação entre padrões de sono e equilíbrio em idosos. Métodos: Quarenta e dois idosos (66.7 ± 6.1 anos) participaram deste estudo. Os sujeitos preencheram questionários referentes à qualidade subjetiva do sono (PSQI), sonolência diurna (ESS), e usaram um actímetro de punho durante sete dias consecutivos para identificar a duração e eficiência do sono, além do número de despertares noturnos. Na mesma semana que usaram o actímetro, os sujeitos realizaram testes de equilíbrio em uma plataforma de força. Os testes foram realizados em seis diferentes condições que envolveram: olhos abertos e fechados, pés afastados e unidos, posição de Tandem e tarefa dupla, todos durante 60s. Correlações de Spearman foram realizadas para identificar associações entre as variáveis do sono e do equilíbrio e um ajuste pela idade foi considerado através de uma análise de regressão. O nível de significância adotado foi de 5%. Resultados: As correlações mostraram que quanto melhor a qualidade do sono, menor a área formada pelo centro de pressão na condição de tarefa dupla (R²=0.179; p<0.05), ou seja, melhor o equilíbrio dos idosos. Da mesma forma, sujeitos com maior duração do sono noturno (R²=0.121; p<0.05) e eficiência do sono (R²=0.211; p<0.05) tiveram menor amplitude de deslocamento ântero-posterior na condição de pés afastados e olhos fechados, identificando-se um melhor controle postural. Entretanto, os dados da sonolência diurna associaram sujeitos mais sonolentos com menor trajetória do centro de pressão na condição de pés afastados e olhos abertos (R²=0.144; p<0.05) e na condição de tarefa dupla (R²=0.149; p<0.05), sugerindo melhores qualidades no controle postural. Conclusão: Existem associações entre os padrões de sono e o equilíbrio de idosos Entretanto, mais estudos são necessários para descrever a influência dos padrões de sono no controle postural dessa população. Além disso, não está claro quais condições de testes são mais sensíveis aos efeitos dos distúrbios do sono.

Endereço: http://www.pgedf.ufpr.br/Dissertacoes.html

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.