Cinemática do Nado Crawl de Nadadores Recreacionais

Por: Flávio Antônio de Souza Castro, Igor Fangueiro da Silva, Mariana Mozzaquatro Jacques e Priscila Nicolao Mazzola.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.16 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Para nadadores recreacionais (NR) há poucas informações sobre relações cinemáticas do nado, geralmente, pesquisas são realizadas com atletas de elite. Objetivo: verificar comprimento médio de braçada (CB), comprimento médio corrigido pela envergadura (CBc), freqüência média de braçada (FB) e velocidade média (VN) do nado crawl sob diferentes intensidades em NR. Participaram 24 indivíduos, separados nos grupos G1 e G2, respectivamente, mulheres e homens que nadam, aproximadamente, 3000 m por sessão, três vezes semanais; G3 e G4, respectivamente, mulheres e homens que nadam, aproximadamente, 1000 m por sessão, duas vezes semanais. Dados de idade e antropométricos foram obtidos. Três repetições de 25 m, sob três intensidades foram realizadas em ordem aleatória (intervalo: 2 min). Foram registrados os tempos do percurso entre os 10 e os 20 m e de três ciclos de braçadas realizados dentro desses 10 m. Resultados: o aumento significativo de VN ocorreu paralelamente ao aumento da intensidade, com aumento da FB e diminuição da CBc, todos significativos. G1 e G2 apresentam maiores valores médios dessas variáveis em relação a G3 e G4. NR apresentam similar estratégia para incremento de VN que nadadores de alto nível. Mesmo nesse nível, a técnica é influenciada pela prática.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/910

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.