Cinesiologia, Educação Física e Esporte: Ordem Emanante do Caos na Estrutura Acadêmica

Por: Go Tani.

Motus Corporis - v.3 - n.2 - 1996

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

Os últimos 15 anos têm sido, para a Educação Física, um período marcado por importantes acontecimentos. O primeiro deles foi, sem dúvida, a implantação dos cursos de pós-graduação no final da década de 70 e início da década seguinte. De certa forma, ela introduziu, na prática, a Educação Física à universidade, abrindo as suas portas para uma maior interação com a comunidade acadêmica. Uma das conseqüências dessa abertura foi a revelação clara e inequívoca da sua fragilidade em termos de conteúdo, evidenciando a insipiência enquanto uma área de conhecimento. Esse contato mais direto com outras áreas possibilitou alguns parâmetros de comparação, até então desconhecidos, para uma auto-avaliação. Por outro lado, a mesma abertura intensificou o fluxo de idéias, conhecimentos e tecnologias que estimularam a pesquisa, mostrando uma dimensão adormecida da Educação Física com enorme campo a ser explorado e desenvolvido. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.