Clubes Sociais: Práticas Esportivas e Identidades Culturais

Por: Carolina F. da Silva, Ester L. Pereira e .

Licere - v.15 - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo é identificar como as práticas esportivas oferecidas  pelos primeiros clubes sociais foram reutilizadas na produção de identidades culturais em Porto Alegre na transição do século XIX para o século XX. A análise documental  das fontes impressas revelou que tanto os clubes que congregavamos teuto-brasileiros quanto os que reuniam o grupo social luso-brasileiro eram mantenedores de tradições. A ginástica alemã era a prática mais representativa dos clubes de alemães, além do remo, até o princípio do século XX. Neste período, contudo, os luso-brasileiros organizaram  seus primeiros clubes de remo, reutilizando esta prática esportiva para a produção de  representação de outra identidade cultural na cidade. Assim, os luso-brasileiros foram  rompendo com sua identificação restrita ao turfe e produzindo identidades no  associativismo esportivo assim como os imigrantes alemães.

Endereço: https://seer.lcc.ufmg.br/index.php/licere/article/view/451

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.