Cluster Esportivo-recreativo de Pelotas e Rio Grande - RS, 1880 – 1920

Por: .

Atlas do Esporte no Brasil.

Send to Kindle


Resumo

Origens e Definições.

Por sua proximidade e porte semelhante, mas sobretudo pela complementaridade acentuada de suas economias, Pelotas e Rio Grande sempre formaram um verdadeiro par de cidades. Devem portanto ser analisadas respeitando-se este aspecto peculiar. Juntas, formaram o maior pólo econômico e demográfico da região sul do Brasil, entre meados do século XIX e início do seguinte. De incontestável importância estratégica na ocupação do extremo sul do Brasil, Rio Grande é a primeira povoação oficial da província gaúcha, fundada em 1737. Devido à sua localização excepcional, situada na desembocadura da Lagoa dos Patos, é o único porto na imensidão inóspita dos cordões arenosos que formam a retilínea costa do Rio Grande, e duplamente terminal: oceânico e lacustre. Devido às charqueadas, ao longo de todo o século XIX seu movimento portuário foi o maior do Brasil Meridional, somente sendo ultrapassado por Porto Alegre no início do século XX. Destaca-se a presença inglesa nos negócios: criam e dominam a Câmara do Comércio, e implantam toda a infra-estrutura urbana. Por volta de 1880, já era o mais importante centro industrial do estado, e nesta atividade é expressiva a presença alemã: a fábrica de tecidos Rheingantz, de 1874, foi durante décadas o maior estabelecimento fabril do Rio Grande do Sul. Neste ambiente cosmopolita, a vida cultural era intensa e sofisticada: as companhias de teatro, ópera e ballet européias, a caminho de Buenos Aires e Montevidéu, incluíam Rio Grande em seu roteiro, lotando o majestoso Teatro Sete de Setembro. Seguindo o padrão burguês  de entretenimento, se implanta o banho de mar com fins de lazer e  diversas atividades esportivas: em suma, os ingleses praticam regularmente seus esporte

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.