Coaching e Resiliência: Intervenções Possíveis Para Pressões e Medos de Ginastas e Esgrimistas

Por: Márcia Pilla do Valle.

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.1 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho surgiu do interesse em averiguar as pressões e medos de atletas de alto rendimento em modalidades individuais, levantando dados para possíveis intervenções. Em estudos anteriores (Valle, 2003 e 2006) constatou-se que a vida do atleta não se resume ao treinamento ou às competições, mas que sua prática produz uma série de paradoxos e conflitos com os quais ele precisa lidar. A Psicologia do Esporte pode e deve ajudar ao traçar estratégias de enfrentamento (coping) para encarar estas tensões de forma a evitar o estresse. Nesta investigação, foram avaliados seis atletas adultos dos departamentos de Esgrima e Ginástica Olímpica de um clube de Porto Alegre. Todos os sujeitos são voltados ao esporte de alto rendimento, possuem resultados significativos, incluindo títulos e participações em competições internacionais. Adaptaram-se os testes "Test de las presiones del deportista de Selección" e "Test de los miedos del futbolista" (Roffé, 2004). Após a aplicação dos testes, realizou-se uma entrevista individual com cada participante levantando-se as justificativas para as escolhas. A partir dos resultados, buscou-se estabelecer relações entre as pressões e os medos mais comuns nos atletas de Esgrima e Ginástica Olímpica, ampliando a compreensão de como podem interferir na performance atlética. Foram levantadas, ainda, algumas estratégias de intervenção a partir dos conceitos de coaching e resiliência. Investigações como as deste trabalho visam contribuir com conhecimentos que auxiliem na escolha de estratégias de intervenção da Psicologia do Esporte no clube.

Endereço: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S1981-91452007000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.