Coesão Grupal, Ansiedade Pré-competitiva e o Resultado dos Jogos em Equipes de Futsal

Por: José Augusto E. Hernandez e Mariele de Moraes Gomes.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.24 - n.1 - 2002

Send to Kindle


Resumo


Foram investigadas as relações entre coesão grupal, ansiedade pré-competitiva e resultados dos jogos de futsal. Aproximadamente 1 hora e 30 minutos antes das partidas, 113 jogadores pertencentes a 10 equipes de sete diferentes clubes responderam a dois instrumentos. Para ter acesso à ansiedade pré-competitiva dos jogadores, foi utilizado o CSAI-2 (Competitive State Anxiety Inventory. 2) de Martens, e para investigar a coesão de grupo, o GEQ (Group
Environment Questionaire), baseado no modelo de coesão grupal de Carron, Brawley e Widmeyer. Análises de variância revelaram que as equipes vitoriosas nos jogos obtiveram
maiores médias de coesão grupal em torno da tarefa e menores médias de ansiedade cognitiva pré-competitiva. A Correlação de Pearson confirmou a hipótese da existência de uma relação inversa entre coesão em torno da tarefa e a ansiedade pré-competitiva dos jogadores. A análise de regressão múltipla encontrou como preditores do resultado em jogos de futsal o fator atração pelo grupo tarefa, da coesão grupal, e o fator somático, da ansiedade précompetitiva. Em termos gerais, os resultados corroboraram os achados da pesquisa internacional.

Endereço: http://rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/347

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.