Colônia de Férias do Espaço Movimento: Relato de Experiência de Uma Ação Multiprofissional

Por: Afonso Timão Simplicio, Chaiene Caroline de Menezes, Isabella Carolina Silva Pereira, Mayla de Paula Torres Simplício, Paula Pereira de Souza, Renata de Oliveira Castro, Ricardo Wagner de Mendonça Trigo e Valéria Cristina de Faria.

Arquivos de Ciências do Esporte - v.6 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Apresentar um relato de experiência da primeira e segunda Colônia de Férias do Espaço Movimento, a qual se propõe proporcionar diversão às crianças através da socialização e vivência de novas brincadeiras e atividades fora do seu cotidiano, promover saúde através da abordagem de diversos profissionais da saúde, e por fim, favorecer o desenvolvimento da formação acadêmica dos discentes do curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Federal de Viçosa – Campus Florestal. Métodos: As duas edições da Colônia de Férias do Espaço Movimento foram realizadas em cinco dias da semana durante quatro horas, de 13 às 17 horas, com 100 vagas disponíveis para crianças de 5 a 12 anos, e além da participação dos estudantes do curso de educação física, contou com a colaboração dos seguintes profissionais: educador físico, médico pediatra, enfermeira, odontóloga e nutricionista. Resultados: A primeira edição contou com a participação de 83 crianças e a segunda com a participação de 100 crianças. Conclusão: Foi possível perceber a socialização entre as crianças, resgatando brincadeiras e jogos de rua, a assimilação de algumas práticas de saúde, como higienização e alimentação, e ainda houve a participação e contribuição efetiva dos discentes envolvidos.

Referências

Weinberg R. How cancer arises: an explosion of research in 1- Silva KNP. Formação de Trabalhadores em Lazer: por uma educação no e para o tempo livre. Currículo Sem Fronteiras 2013; 13(1): 62-85.

Bastos BG, Laurino FC, Furtado GVN, Lemos TG. Colônia De FériasPibidEducaçãoFísica FURG 2013: Uma Experiência no Contexto da Docência. In: 31º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2013; Florianópolis. Florianópolis: Repositório UFSC, 2014.

Duarte RN, Ivo AA, Patias BC. Projeto de Extensão Colônia de Férias CEFD/UFSM: relato de experiência. In: 11º CongresoArgentino Y 6º Latinoamericano De EducaciónFísica Y Ciencias, 2015; Buenos Aires. Buenos Aires: Ensenada, Pcia. de Buenos Aires, 2015. p. 1-12.

Najar CL, Alves OO. Atividades Lúdicas Como Mediadoras Do Letramento No Espaço Da Educação Infantil. Disciplinar um Scientia: Série: CiênciasHumanas 2004; 5(1): 107-124.

Padilha V. Dialética do Lazer. 1.ed. São Paulo: Boitempo 2006; v.1; 288p.

Nunes ALR, Becker, LS. Corpo, Movimento e Ludicidade: uma contribuição ao processo de alfabetização. Revista do Centro de Educação UFS 2000; 25(2): 1-6.

Souza RAF, Nunes EM, Lima JL, Vieira NC, Priore SE, Silva RP. Colônia de férias: um espaço social a ser explorado pela saúde? Revista Elo 2014; 3(1): 1-8.

Silva SR, Bretas P, Caldas CDPC. Colônia de Férias: Uma Experiência de Formação. Kinesis 2012; 30(2): 93-102.

Arruda FM, Muller VR. Brincadeiras e Espaços Urbanos: Um Estudo da Prática Lúdica de Crianças de Diferentes Classes Sociais da Cidade de Maringá – PR. Brincadeiras e Espaços Urbanos 2010; 13(4): 1-6.

Sousa TF, Nahas MV. Inatividade física no lazer pregressa e atual em estudantes universitários brasileiros. Arquivos de Ciências do Esporte 2014; 1(1): 33-36.

Duarte RN, Marin EC, Ivo AA. Colônia de Férias como Projeto de Extensão Universitária. Biomotriz 2014; 8(2): 1-14.

Endereço: http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces/article/view/3067

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.