Comitê Olímpico Brasileiro e o Financiamento das Confederações Brasileiras

Por: e .

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.33 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O esporte olímpico no Brasil tem como importantes instituições de administração o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e as confederações brasileiras de modalidades olímpicas. Mas de que forma elas se relacionam financeiramente e como isso interfere na dinâmica do campo esportivo brasileiro? Com a coleta de dados em relatórios oficiais e com o subsídio teórico do sociólogo Pierre Bourdieu, percebemos que os repasses do COB às confederações brasileiras reforçam posições dominantes e dominadas no campo esportivo. A justificativa para as atuais formas de repasses são paradoxais à proposta de desenvolvimento do esporte no país. Nesse sentido, alguns conceitos de Bourdieu auxiliam a desvelar alguns fundamentos ocultos de dominação presentes no campo esportivo do país sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/734

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.