Comparação da Ativação Eletromiográfica do Músculo Peitoral Maior Parte Esternal e Clavicular Entre o Exercício de Pull-over e Supino Horizotal

Por: E. T. Ferreira Furtado, Renan Afonso Evangelista Botelho, S. F. da Silva e Yuri de Almeida Costa Campos.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivos:
Verificar a ativação eletromiográfica durante os exercícios de supino horizontal e pull-over na barra, ambos realizados no banco horizontal, além de comparar se existem diferenças entre os grupos musculares do peitoral maior ativados. Assim identificar qual dos exercícios estudados é o mais eficiente para o trabalho dessa musculatura.

Métodos e resultados:
As variáveis mensuradas foram divididas em: Antropométrico - foram obtidos estatura e massa corporal, as dobras cutâneas, protocolo de 3 dobras cutâneas de Jackson & Pollock (1978); Atividade Eletromiográfica - foi obtida com ganho de 1.000, freqüência de amostragem de 2.000Hz e o sinal foi submetido a um filtro passa-banda de 20Hz a 500Hz; Força Dinâmica Máxima - Através do teste de 1 RM. A 1ª avaliação foi supino horizontal e pull-over, onde se identificou a força dinâmica máxima no teste de 1RM e a atividade eletromiográfica do músculo Peitoral Maior: porção Clavicular (PMC) e Esternal (PME); a 2ª, 48 horas depois, foi realizada com a segunda coleta, onde ocorreu a inversão dos exercícios realizados no primeiro dia. Assim, após a coleta dos dados, foram encontrados os seguintes resultados de ativação eletromiográfica (Supino= 237,49 ± 60,89 PMC; 222,67 ± 63,11 PME / Pull-over= 80,03 ± 53,14 PMC; 94,35 ± 64,30 PME).

Conclusão:
Pode-se concluir que houve diferença significativa entre a ativação do peitoral maior nos exercícios supino e pull-over, o supino é o exercício ideal para se trabalhar a musculatura peitoral maior, tanto porção esternal, quanto clavicular, devido à maior ativação eletromiográfica em ambas as porções musculares.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.