Comparação da Ativação Mioelétrica do Glúteo Máximo e Bíceps Femoral Entre os Agachamentos Paralelo e com Passada à Frente

Por: Glauber Ribeiro Pereira, Gustavo Leporace, Luis Carlos Nascimento da Costa, Luiz Alberto Batista e Luiz Cláudio Teixeira.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.26 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desse estudo foi comparar a atividade mioelétrica (EMG) do glúteo máximo e bíceps femoral entre o agachamento com passada à frente e com pés paralelos. Sete indivíduos realizaram oito repetições do agachamento paralelo (AP) e com passada à frente (AF) deslocando sobrecarga relativa a 50% da massa corporal. O EMG do glúteo máximo e bíceps femoral foi capturado, filtrado por um filtro passa-banda Butterworth de 4ª ordem (20-400 Hz) e obtido valores RMS. Utilizou-se o teste de Wilcoxon para comparar o EMG normalizado entre os dois exercícios. Tanto o bíceps femoral (p = 0,041) quanto o glúteo máximo (p = 0,0059) apresentaram maior ativação no AF (30,9% para glúteo; 42,6% para bíceps) em comparação ao AP (21,2% para glúteo; 24,7% para bíceps). Apesar da ativação moderada durante a execução dos exercícios, girando em torno de 25% a 45%, a resposta foi maior, para os participantes do estudo, no AF.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092012000300004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.