Comparação da Atividade Eletromiográfica dos Músculos Masseter Direito e Esquerdo em Atletas de Softbol Durante Gesto Esportivo de Rebatida

Por: Fabio Navarro Cyrillo, João Batista Padovan Neto, Ricardo Cavalcante Oliveira Santos e Sérgio de Souza Pinto.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.17 - n.2 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Introdução: As disfunções temporomandibulares têm sido objeto de estudo crescente, no entanto, estão somente relacionadas com a má oclusão bucal, lesões por contato nos esportes, entre outros. Neste estudo, uma nova visão das disfunções foi observada, uma vez que a analise eletromiográfica dos músculos masseteres foi coletada durante o gesto esportivo da rebatida do baseball, o que pode possibilitar a verificação de possíveis alterações funcionais das disfunções.

Objetivo: Analisar a atividade elétrica do músculo masseter em atletas de beisebol durante realização do gesto esportivo de rebatida. Materiais e Métodos: Foram avaliadas 5 atletas de beisebol, sexo feminino, idade média de 21 anos, selecionadas para a seleção brasileira a disputar o pan-americano 2007, sem lesões previas ou disfunções diagnosticadas. Cada atleta realizou 5 repetições do gesto esportivo enquanto a atividade eletromiográfica dos masseteres eram coletadas com eletromiógrafo. Resultados: Após análise estatística dos dados, foi observado que as atletas realizam uma contração dos músculos masseteres durante o gesto esportivo de rebatida estatisticamente significativa com p > 0,5 utilizando Teste-t. Sendo que duas das cinco atletas avaliadas, apresentaram uma atividade elétrica do músculo muito diferente da média, sendo uma bem acima e outra bem abaixo da média do grupo.
Discussão: VIERA 1997 afirma que o desequilíbrio muscular é um fator gerador e agravante de disfunção temporomandibular. Em nosso estudo foi notado esse desequilíbrio entres os masseteres direito e esquerdo de forma que em uma das atletas a atividade elétrica média do lado direito é quase o dobro do valor captado no lado esquerdo. Conclusão: As atletas realizaram contração muscular do músculo masseter durante o gesto esportivo e o desequilíbrio muscular entre os dois músculos masseteres teve uma diferença significativa, o que em longo prazo pode causar uma disfunção temporomandibular.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1010

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.