Comparação da Potência Aeróbia e Anaeróbia Máxima Entre Atletas Juvenis de Basquetebol e Handebol

Por: Guilherme Machado, José Carlos Mendes, Lucinar Forner Flores, Luiz Guilherme A. Guglielmo, Renan Nunes e Robson Olivoto.

Kinesis - v.35 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi comparar a potência aeróbia e anaeróbia máxima entre atletas de basquetebol e handebol. Onze atletas de basquetebol (17,3±0,8 anos) e doze atletas de handebol (16±0,8 anos) foram submetidos a avaliação antropométrica, questionário pubertário, teste de Capacidade de Sprints Repetidos (CSR) e teste de Carminatti (T-CAR). Foram encontradas diferenças significativas na idade e no tempo médio (CSR) entre os atletas. Entretanto, o T-CAR e o nível maturacional não foram encontradas diferenças. Desta forma, torna-se viável aplicar testes de potência aeróbia e anaeróbia similares para ambas as modalidades, porém, é importante controlar os níveis maturacionais.

Endereço: https://periodicos.ufsm.br/kinesis/article/view/21873

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.